Instituto Brasileiro de Museus

Museus Ibram Goiás

Acervo Museológico

Esta plataforma apresentará os acervos museológicos do Museu das Bandeiras, Museu de Arte Sacra da Boa Morte e Museu Casa da Princesa. Em conjunto, esses três espaços formam os equipamentos museais do Instituto Brasileiro de Museus no Estado de Goiás. Ao todo, serão disponibilizadas 725 peças de diversas tipologias, com destaque para os objetos que narram as memórias e histórias culturais, sociais, econômicas e religiosas no centro-oeste. 

Museu das Bandeiras

O Museu das Bandeiras está sediado no antigo edifício construído para ser utilizado como Câmara e Cadeia construída em 1766 na antiga Vila Boa de Goyaz. Seu acervo museológico é composto por objetos significativos da presença negra, indígena e portuguesa em Goiás. Inicialmente, foi constituído por objetos/documentos do arquivo documental da Delegacia Fiscal do Tesouro Nacional em Goiás e pelo mobiliário já pertencente ao edifício.

O acervo é composto por 590 peças, entre eles, objetos de arqueológicos, mobiliário, fragmentos de igrejas, elementos representativos da ocupação bandeirante e da escravidão, arte indígena e originária, arte sacra e os bens integrados do edifício. Nesta etapa estão sendo disponibilizadas 350 peças.

Museu de Arte Sacra da Boa Morte

O edifício que hoje abriga o Museu de Arte Sacra da Boa Morte, foi criado no século XVIII, e está instalado na Cidade de Goiás. Inicialmente dedicada a Santo Antônio de Pádua (1762), posteriormente, ainda inacabada foi doada à Confraria dos Homens Pardos da Boa Morte. Em 1950 foi tombada pelo na esfera federal e estadual. Em 1968/1969 passou a abrigar o Museu de Arte Sacra da Boa Morte.

O acervo de propriedade da Diocese de Goiás é constituído de 1041 peças. No entanto, nesta etapa, disponibilizaremos somente 111 objetos, majoritariamente peças sacras em estilo barroco, produzidas pelo escultor goiano Veiga Valle.

Museu Casa da Princesa

O Museu Casa da Princesa, foi construído no século XVIII com a função de ser uma casa. Com o passar do tempo, esta residência virou Museu, o único da cidade de Pilar de Goiás. Seu acervo é constituído por 996 peças.

As principais coleções deste museu são formadas por utensílios de guerra, numismática, mineração, comunicação, bem como, objetos indígenas e de tortura. Ao todo, serão disponibilizadas ao público 264 moedas.

Em conjunto esses distintos museus com seus objetos formarão uma única plataforma com os acervos museológicos. Deste modo, o público poderá usufruir deste serviço auxiliando a visita, despertando a curiosidade ou ainda dinamizando as pesquisas.